Por que contratar um fotógrafo de arquitetura para registrar seus projetos

Por que contratar um fotógrafo de arquitetura para registrar seus projetos

Postado por adilson | Setembro 22, 2019 | Arquitetura

Os arquitetos, engenheiros e construtores em geral, tem necessidade de divulgar suas obras.  Cada vez mais, a qualidade das fotos destes projetos, pode fazer a grande diferença no sucesso de seu trabalho.

Um fotógrafo profissional especializado em arquitetura certamente terá todo o cuidado no registro fotográfico do projeto, sabendo destacar seu diferencial e devidamente enfatizar seus detalhes.

Alguns profissionais da construção, acabam tentando fazer o registro por conta própria e usando o próprio celular. Embora estes aparelhos estejam cada vez melhor, ainda deixam muito a desejar nessa área que além de técnica, exige correções e tratamento na pós-produção para que se tenha um registro correto do projeto.

Os erros mais comuns nos registros amadores de projetos é falha na perspectiva e erro no paralelismo, ou seja, devido ao fato da lente do celular ser fixa, não permite zoom óptico, nem sempre é possível encontrar o ponto correto da convergência da perspectiva.

Ainda como consequência da lente ou do ângulo que se está fotografando, não é possível obter o paralelismo das linhas básicas. Exemplo: numa foto interna, nem sempre o tampo da mesa do escritório fica paralelo à linha do teto.

Já para as fotos externas, o erro mais comum é o excesso de perspectiva no registro de um prédio alto, quando não se tem o devido recuo. Ou seja, mesmo utilizando uma câmara com lente grande angular, o prédio fica triangular dando a impressão que as linhas das laterais vão se encontrar no infinito. Neste caso, para se obter o registro perfeito é necessário a utilização de lentes específicas para esse fim, chamadas Tilt-Shift. São lentes caríssimas que têm um movimento no eixo X e Y permitindo essa correção.

Para os projetos internos, como escritórios e ambientes residências com grandes áreas envidraçadas, um dos grandes desafios é o correto equilíbrio da iluminação interna com a externa. Uma técnica utilizada nesses casos é o uso do HDR (High Dynamic Range), que basicamente consiste em fazer vários registros do mesmo enquadramento com diferentes tempos de exposição e depois mesclá-las na pós-produção. Dessa forma, a foto final fica com a exposição correta tanto na área externa como na interna. Para o uso dessa técnica é necessária a utilização de um bom tripé que garanta que todas as exposições terão exatamente o mesmo enquadramento.

Outro grande desafio, principalmente em projetos internos, é o correto balanço de branco. Ou seja, é comum a utilização de diversos tipos de iluminação, onde cada uma tem uma temperatura de cor. O LED é o grande vilão da vez, pois devido à sua grande economia de energia e enorme variedade de apresentação, está cada vez mais presente. É comum nos projetos atuais ter iluminação de LED embutida no teto, luz dicroica em pontos específicos e abajures com lâmpada decorativa de filamento de tungstênio, por exemplo. E cada uma, com temperatura de cor diferente.

Com base nos pontos expostos, dá para se ter uma ideia que não é tão simples assim o registro de um projeto arquitetônico.

Desta forma, o valor que um profissional da fotografia de arquitetura agrega ao projeto, certamente compensará o valor investido em sua contratação.  Uma boa imagem é essencial para a divulgação de qualidade de seus projetos.

Adicionar comentário

*Complete os campos corretamente